Seja bem vindo ao meu blog!!!!

Aqui expresso com liberdade meu pensamento crítico, opiniões e reflexões diante de coisas que para mim são importantes, como pessoa e como cidadão. Espero ter sempre algo a publicar aqui, além do que tenho para cantar nos CD´s, e que esse algo seja interessante para você também.
Obrigado por sua visita!

Sérgio Lopes
*****

sábado, 1 de janeiro de 2011

TALENTOSOS, O QUE É MAIS DIFÍCIL: PRODUZIR OU VENDER?

(Na foto abaixo, o pintor Giese aos 90 anos - nunca parou de produzir sua arte)

Sempre que sabemos fazer algo que envolva arte, manufatura, habilidade particular, e que possa ser posto à venda no mercado, alguém chega pra nós e diz: "escreva mais um pouco e publique um livro!" ou então: "componha mais músicas e grave um disco; ou ainda: faça/esculpa/pinte/costure/entalhe/monte mais peças e ofereça numa loja". Se alguém te fala isso, pode ter certeza de uma coisa: essa pessoa representa a voz do bem. Quando essas sugestões acontecem, alguns de nós sai com a pessimista resposta: “mas é tão difícil lançar um livro/tocar na rádio/vender prá loja” etc etc e blá blá blá, enfim, dizemos: “ é tão difícil fazer nosso trabalho ser visto e procurado!”.
Quando respondemos dessa forma, pensamos que estamos apenas PREVENDO dificuldades que surgirão e que tornarão nosso trabalho inútil, mas na verdade estamos é já PLANTANDO, semeando dificuldades já com antecipação! Por causa disso, deixamos de escrever/compor/pintar/fazer coisas que expressam o talento que nos foi dado graciosamente por Deus ou mesmo pela nossa própria natureza humana, e diante de uma oportunidade que surge repentinamente, somos freqüentemente pegos de surpresa, e essas chances que o destino sempre nos dá acontecem pouquíssimas vezes na nossa curta existência. Perdemos o bonde do sucesso, porque não havíamos acreditado que essa oportunidade surgiria. E ela surge!. Eu que o diga! Paraibano, criado numa cidadezinha do interior, nunca deixei de fazer músicas mesmo que parecesse que eu nunca sairia daquele recantinho do nordeste. Quando surgiu a oportunidade, eu estava pronto. Estou sempre atento a elas e colecionei grandes vitórias em minha carreira como compositor porque sempre achei que as oportunidades surgem de repente. A gente tem que estar esperando cada minuto. Quando uma oportunidade surgir, será premiado aquele que se preparou mesmo quando não havia encomenda de nada! Vá fazendo, amigo. Vá produzindo! E sempre que houver uma chance, mostre o que já fez. Se houver realmente talento naquilo que você faz, a oportunidade vai te procurar e te achar.
Por isso estou aqui hoje, para dar uma boa notícia a quem tem algum talento e está desanimado com a aparente dificuldade de fazer sua arte chegar ao mercado: A PARTE MAIS DIFÍCIL É EXATAMENTE A QUE VOCE SABE FAZER COM FACILIDADE: A sua arte. O seu jeito particular de produzir algo. Você nasceu com talento pra fazer de um jeito diferente as coisas que todo mundo faz igual. Muitos queriam ter nascido com esse talento que você já tem, mas você foi a pessoa premiada, criatura!
Contudo, fazer sua produção chegar ao mercado não é tarefa absolutamente sua, relaxe. Alguém que tem um dom diferente do seu, ao perceber que você tem qualidade e quantidade no que faz, será capaz de levar tudo ao mercado, repartindo com você os lucros. Na verdade, é um erro pensar que ter uma habilidade para produzir alguma arte tem que estar ligada à disposição e habilidade para vende-la no mercado. Nem sempre dominamos essas duas habilidades. O normal é que a gente se concentre em desenvolver nosso talento, produzindo, e que um bom vendedor consiga vender no mercado. São duas atividades distintas. Por isso existem as editoras, as gravadoras, os marchands, as lojas etc. A função delas é vender aquilo que você sabe fazer de melhor. (Aliás, destaco aqui a cativante função do VENDEDOR, que para mim é uma das profissões mais antigas e mais fantásticas da história humana. Sou profundo admirador dos bons vendedores). Mas se você não produz nada, nem você sai do lugar, e nem o bom vendedor pode levar ao mercado aquilo que nem lhe foi mostrado. Então amigo, PRODUZA! Não importa que se amontoem as suas produções! Continue produzindo! Seja poema, música, quadros, esculturas, seja qual for a sua arte ou manufatura, se você tem talento pra fazer algo, simplesmente vá fazendo. Um dia vai surgir uma oportunidade, e se você estiver de mãos vazias, vai se arrepender de ter desperdiçado o tempo que poderia ter usado produzindo aquilo que você sabe fazer. Nesse louco mundo capitalista em que vivemos, o binômio fazer/vender caminham juntos, mas a parte mais rara sempre será a de FAZER o que é bom. Quando fazemos uma coisa boa e autêntica, o mundo vai querer comprar. E alguém vai se encarregar de vender pra você! Apenas vá produzindo a sua arte, que é difícil para o resto do mundo, mas que para você é tão fácil e prazeroso. Uma oportunidade vai surgir para você num momento inesperado, e você só precisa começar urgente a se preparar para ela.
Está dado o aviso!
.
Abraços a todos e Feliz Ano Novo.
...
Sergio Lopes

6 comentários:

CANTOR PAULO ROBERTO disse...

Pôxa meu poeta, parece que Deus estava sómente esperando a hora de te usar, como canal prá falar comigo. Como voce sabe, acabei de gravar um novo cd, o qual te enviei uma cópia, mas com isso também a tristeza de não poder divulga-lo. Pensei: - O trabalho presta? ou não? Se pelo menos o Sergio Lopes, o qual gravei uma de suas jóias preciosas(Sonhos), me desse um comentário, ainda que pequeno. Mas qual? Nada. Nenhuma palavra. Falei comigo mesmo: É hora de parar, desistir e continuar sendo "vendedor". Afinal é essa a minha profissão(que amo) desde os 19 anos. Fazem portanto 36 anos que aprendo, todos os dias, nesse dinamismo de vida, o recomeçar a cada manhã, cada mês, cada ano. Só que támbém amo cantar, compor e claro, sonho também. Porque não?
Saiba que essas suas palavras na sua crônica, me deram nova força prá seguir em frente. Aprendo a dizer como Habacuque: Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.

Moura disse...

Por isso é que acreditamos e adaramos a Deus através do seu talento!!!

Verônica Ortega disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inezteves disse...

"Como MAÇÃS DE OURO EM SALVAS DE PRATA, assim é a palavra dita a seu tempo."(Pv. 25:11)

Rosana disse...

É porque ñ sou artista... se ñ, começaria a produzir hoje mesmo! rsrs
Tem toda a razao...

Daniela disse...

Pois é, Sérgio Lopes. Além de poeta, também foi profeta mesta postagem, pois creio que foram palavras vindas de Deus para mim e para tantos outros que porventura lerem esse texto. Parabéns e que Deus continue abençoando sua vida e ministério.