Seja bem vindo ao meu blog!!!!

Aqui expresso com liberdade meu pensamento crítico, opiniões e reflexões diante de coisas que para mim são importantes, como pessoa e como cidadão. Espero ter sempre algo a publicar aqui, além do que tenho para cantar nos CD´s, e que esse algo seja interessante para você também.
Obrigado por sua visita!

Sérgio Lopes
*****

sábado, 4 de março de 2017

MELODIA SOBRE O PRELÚDIO Nº 1 EM DÓ MAIOR DE JOHANN SEBASTIAN BACH

                Poucas pessoas não ligadas à música sabem a diferença entre harmonia e melodia. Preciso tentar explicar: a harmonia é o pastel, a melodia é o recheio. A harmonia é o vestido de noiva rico em seus belos detalhes, a melodia é a mulher por dentro dele. Enfim, a harmonia é o que todos os músicos tocam juntos ao mesmo tempo numa canção, que chamamos de acompanhamento, a melodia é aquilo que Frank Sinatra fazia sozinho com o microfone na voz. A harmonia é a ostra, a melodia é a pérola. Olhando por esse prisma, fica mais lógico entender, pelo prisma musical,  porque o canto de um passarinho é uma melodia sem harmonia.  Pois bem. Vamos ao que importa...

               Por volta de 1720, em Kothen, na Alemanha, o compositor alemão e organista luterano Johann Sebastian BACH compôs uma linda obra musical em seu cravo (uma espécie de piano com som mais delicado que os normais, pois no piano as cordas são literalmente “marteladas” e no cravo as cordas são “beliscadas”). A essa obra musical, Sebastian BACH deu o título de “O Cravo Bem Temperado”. Ao primeiro movimento dessa obra, que eram apenas harpejos de acordes fazendo uma harmonia (em minha contagem deu 36 compassos) Bach deu o título de “Prelúdio nº 1 em Dó Maior.”
                Em 1750, Bach, que estava quase cego,  faleceu aos 65 anos após uma mal sucedida cirurgia para tentar reverter a cegueira.
               Passados 68 anos da morte de Bach, em 1818 nasce em Paris o futuro pianista Charles Gounod.
               Em 1859, aos 41 anos, Charles conhece por meio de seu amigo e colega pianista Felix Mendelssohn (compatriota alemão de Johann Sebastian Bach), aquele Prelúdio nº 1 em Dó Maior de BACH e sobre essa harmonia bachiana cria uma MELODIA, para presentear a sua namorada, Fanny Hensel (irmã de Mendelssohn), porém alterando alguns acordes e acrescentando compassos na harmonia original de Bach. Tempos depois aplicou a essa melodia por ele desenvolvida a letra em latim da oração a Maria e essa tripla junção (harmonia de Bach, melodia de Gounod e letra da oração a Maria em latim)  ficou logo conhecida mundialmente até os nossos dias como a “Ave Maria de Gounod”.

                Lembro aos leitores do meu blog que Johann Sebastian Bach era de origem familiar luterana e foi luterano até o fim da vida, e como protestante certamente não seria tão seguro dizer que teria concordado em que a base harmônica por ele composta fosse utilizada como ponto de partida para uma melodia com texto discordante de sua crença luterana.

               Alguns historiadores movidos por uma temerosa poetização da narrativa histórica, alegam que Ave Maria de Gounod seria uma “parceria entre um luterano e um católico”. Acredito que pode haver essa parceria em qualquer outra área, como de fato existe, menos que Bach como luterano concordasse com a letra em latim da Ave Maria sobre sua harmonia, ainda que concordasse com a beleza da tocante melodia criada por Gounod sobre sua harmonia do Prelúdio. Mas... quando Gounod aplicou aquela letra sobre a harmonia de Bach, este já estava morto há muito tempo e sequer podia opinar, então não podemos falar de “parceria” propriamente dita, como é utilizada no campo das artes, que exige presença, troca e/ou aceitação de idéias personalíssimas compartilhadas.

                              Com o propósito primeiramente de resguardar a memória da crença teocêntrica luterana de Johann Sebastian Bach, me dediquei a construir, SOBRE A HARMONIA ORIGINAL do Prelúdio Nº 1 em Dó Maior do Cravo Bem Temperado uma NOVA MELODIA, dessa vez obedecendo EXATAMENTE a partitura original criada pelo organista alemão, e aplicando sobre essa nova melodia uma nova letra que darei o nome de SANTO ESPÍRITO. Em segundo plano, isso permitirá que os cristãos protestantes também possam ter a alternativa de usufruir da beleza dessa linda harmonia construída por um dos seus, pois a melodia criada pelo católico Charles Gounod acabou restringindo a composição do protestante Bach para o uso exclusivo dos católicos, já a letra e a melodia que apliquei poderão ser desfrutadas por ambas as correntes teológicas, uma vez que o Espírito Santo é de crença comum entre católicos romanos e protestantes. 

               A melodia foi concluída na madrugada de 03 de março de 2017, às 05:00 a.m. na pousada do Poço das Ovelhas (RJ) sem ajuda de qualquer instrumento, apenas ouvindo e me deixando conduzir pela envolvente harmonia do prelúdio, sob execução do pianista alemão Friedrich Gulda (Youtube, link no final).

               Acrescentarei arranjos de cordas que já estão sendo compostos igualmente sobre a harmonia original de Bach, e a música será incluída no meu próximo álbum, que conterá a partitura original impressa no encarte, incluindo os novos arranjos de cordas e farei o possível para lançá-lo em selo independente em setembro/2017.

               Abaixo, para quem se interessar, o áudio (harmonia) da composição original do Prelúdio N.1 de Bach em Dó Maior para O Cravo Bem Temperado executado em piano normal (claro, ainda sem a nova melodia que apliquei, que apresentarei a vocês em breve, com o arranjo de cordas finalizado).


               Sergio Lopes, Natal-RN 04 de março de 2017.






10 comentários:

Inezteves disse...

Boa tarde! Não consigo verificar o áudio!!!

Sergio Lopes Poeta Lopes disse...

Verifique a atualização de seu executor de audio. De qualquer forma, te dou o link abaixo e para quem mais precisar:
https://www.youtube.com/watch?v=98Rh0jbTh0U

Equipe de Louvor Davi Israel disse...

+SergioLopespoetalopes eu ainda me surpreendo com tamanho sabedoria e inovação parabens pelo texto

Ariana Cristina Ana Cris disse...

Sérgio Lopes meu sonho é te ver cantando pra mim... Te acompanho desde de muito pequena! "Já ouviu falar tantas vezes. Mas ainda não se decidiu. Que Jesus te ama e espera. Mas você disfarça e diz que não ouviu. E o tempo vai passando e não tem volta. Tua vida não é como você quis. Mas você também não se deu uma chance. De em todos estes anos ser feliz."
Deus continue lhe abençoando!

vania dutra disse...

Boa noite Poeta, fiquei muito surpresa com os detalhes de toda essa informação, através do seu texto, talvez pela minha ingenuidade e ignorância, mas essa sua descoberta, pesquisada, nos faz imaginar que tantos outros casos semelhantes podem haver por ai. Fico feliz, por você, hoje, possa nos presentear com uma nova melodia e se preocupando tanto, como sei que faz com a harmonia, obrigada.

roberta damascenosoares disse...

Louvo a Deus or hoje ter acesso a essas informações não vejo a hora de poder adquirir esse cd pois gosto de todas as suas composições sem ecessao continue sendo esse poeta de Deus ❤ Deus te abençoe amem.

Inezteves disse...

"Poucas pessoas não ligadas à música sabem
a diferença entre harmonia e melodia. Preciso tentar explicar:
a harmonia é o pastel, a melodia é o recheio.
A harmonia é o vestido de noiva rico em seus belos detalhes,
a melodia é a mulher por dentro dele. Enfim, a harmonia é o
que todos os músicos tocam juntos ao mesmo tempo numa canção,
que chamamos de acompanhamento, a melodia é aquilo que Frank
Sinatra fazia sozinho com o microfone na voz. A harmonia é a
ostra, a melodia é a pérola. Olhando por esse prisma, fica mais
lógico entender, pelo prisma musical, porque o canto de um
passarinho é uma melodia sem harmonia."
==>Obrigada por essa aula online!Voltarei aqui para estudar mais!!

Iza Santos disse...

Paz, Sergio Lopes. Quando virás a Brasília? Gostaria muito de lhe ouvir louvando ao vivo e a cores.

This is me disse...

Olá Sergio
Minha mãe gosta muito das suas músicas então eu as ouço desde criança, gosto muito do seu trabalho. Achei seu blog quando eu estava procurando uma música sua; Gostei muito do texto, me fez conhecer um pouco mais sobre Bach... Seu álbum com certeza será um sucesso, parabéns pela sua carreira e que Deus continue abençoando a sua vida!!

Geovani Mendes disse...

A paz do Senhor.
Queria dizer que admiro muito o dom de Deus que há em ti, pois Deus tem lhe usado como instrumento em suas mãos para levar palavras que transmitem o seu amor, sua misericórdia, sua justiça,...
Rogo a Deus que lhe sustente sempre assim, na sua graça.
Acompanho seu trabalho há muitos anos, tenho até um caderno/livreto, com seus hinos, desde "Nossos dias" até a "A melhor escolha".
Estarei aguardando o próximo lançamento.
Que Deus te abençoe poderosamente.
(...avança sobre as águas, e o mar se abrirá..., se com a tua fé tocar nas águas, na terra prometida vais chegar. Fica na Paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!.